Cozinha Planejada

Cozinhas planejadas ou sob medida: tire suas dúvidas

Muita gente ainda se pergunta qual o melhor material para os armários planejados da cozinha. Os móveis são feitos de uma maneira customizada. Na Edy Planejados, a parceria com a fábrica da Finger dá garantia de 8 anos em toda a ambientação da cozinha.

 

Pode-se usar a experiência para projetar a partir de dimensões padronizadas, geralmente já estabelecidas e ainda confeccionar peças a partir de um desenho determinado por um arquiteto ou designer.

 

Incluir variações nas formas, tanto quanto nas dimensões, obedece à lógica do cliente, que é quem contrata o projeto. Tempo e viabilidade financeira não são entraves para empresas com experiência de mercado, e o planejamento priorizará o que é preciso para viabilizar o projeto.

 

Os planejados podem ganhar sua preferência pelo seu custo/benefício, mas também pela eficiência e estilo.

 

Materiais mais usados dos móveis planejados ou sob medida para cozinhas

 

  • MDF: 

    Eles são produzidos com fibras de madeira e resinas sintéticas, que formam uma placa homogênea de fibra de média densidade. São bastante usados em áreas aparentemente muito diversas, como artesanatos ou  construção civil, e especialmente indicados na fabricação de móveis. Sem o risco de infestação por pragas, por exemplo.

 

  • MDP:

    É feito  a partir de três camadas de partículas de madeira, sendo uma grossa no miolo e duas finas na superfície. São mais resistentes a umidade, muito resistentes (suportam altas cargas) e são muito indicados na fabricação móveis.

 

Considera-se o MDF é mais maleável em curvas e contornos e o MDP em estruturas mais rígidas, além de superfícies planas como portas e prateleiras.

Ambos os materiais têm resistência parecidas e são de fácil manutenção e durabilidade.

 

Escolha a cor dos armários da sua cozinha

 

A tradição do branco

 

A cozinha branca está entre as preferidas e tem seu lugar garantido entre as muitas opções de decoração. Por ser uma cor neutra,  o branco se insere facilmente em diversos estilos de decoração. Seja o estilo casual, clássico ou contemporâneo, essa nuance sempre agrada e nunca sai de moda, tornando-se uma opção atemporal. Quando recebe o contraste do revestimento de madeira nos detalhes, a cor ganha mais destaque e um toque de elegância. Além do mais ela contribui para gerar amplitude por isso cai muito bem em cozinhas estreitas e pequenas .

 

Dúvida na cor da cozinha?

Não precisa.  

 

Azul

Essa cor pode vir em várias nuances, desde tons mais claros que são alegres e combinam muito com o estilo retrô, até os mais escuros e ousados para uma decoração estilo anos 70, ou mesmo para decorações em estilos mais modernos.

E se essa opção lhe agrada, vale lembrar que a escolha do piso e revestimentos precisam estar de acordo proposta de decoração. Pense em nas infinitas nuances que vão de um azul claro, por exemplo, ao azul petróleo.

 

Verde

O verde é uma proposta que vem com tudo em 2019. nas paletas mais fechadas ela compõe o ambiente da cozinha e pode estar em acabamentos, no ladrilhos, azulejo, como também em paredes e armários planejados.

Muitas vezes uma única peça é suficiente para marcar essa proposta, que pode incluir as plantas, hortas e folhagens que dão vida à cozinha.

 

Outras cores que ganham o cenário das cozinhas em 2019 são:

  • Diversas tonalidades de laranja e vermelho
  • Tons neutros naturais
  • Tons quentes de bege
  • Tons de amarelo

 

Além das cores, a proposta mais usada na decoração de cozinhas este ano será a de incluir uma cor escura como destaque. Ela entra em justaposição e contraste com outras tonalidades, como a combinação do cinza suave e o amarelo açafrão, por exemplo.

 

Encontrou alguma resposta?

Tem outras dúvidas?

Conheça uma loja Edy Planejados e fique seguro na hora de escolher a proposta de decoração da sua cozinha. Descubra o endereço mais perto de você clicando aqui.

15 estilos de decoração para decorar e planejar sua cozinha

Antes de escolher pisos, revestimentos, iluminação, armários e definir os eletrodomésticos para sua cozinha, conheça os estilos de decoração que mais combinam com seu perfil.

 

Um estará mais próximo do que você imagina para a decoração deste espaço.

 

  1. Cozinha contemporânea

    Marcado por espaços que valorizam as linhas simples e com muita presença de luz natural.  Diferentemente do estilo moderno, o contemporâneo propõe ambientes sem excessos, com acabamento em brilho ou fosco, sempre com muita elegância. Espaços integrados e mobílias e com materiais como aço\inox, vidros, porcelanatos e materiais sintéticos

  2. Cozinha retrô

    Muito comum ver projetos com a paleta candy colors ou vermelho intenso e marcante  dos eletrodomésticos. Mas a verdade é que o estilo resgata a proposta dos anos 50, 60 e 70, onde a decoração é marcada pela sofisticação e delicadeza. Também assume formas arredondadas, que marcaram época e tem diversas releituras possíveis atualmente.

  3. Cozinha clássicas

    Sofisticadas, em que os armários planejados ganham molduras nas portas e puxadores refinados. As cores podem ser mais sóbrias e os tons neutros como o bege, preto, branco e o creme, além de verdes e azuis fechados compõe-se perfeitamente com materiais e pontos de luz em objetos metálicos. Lustres e até o brilho do cristal completam o estilo clássico deste tipo de cozinha.

  4. Cozinha hi-tech

    As cores mais usuais desse estilo são o preto, branco, cinza e tons metálicos. A proposta do estilo é a de trazer um ar futurista e clean para a cozinha com móveis em linha reta e superfícies de vidro.

  5. Cozinha Rústica 

    A cozinha rústica é aconchegante e traz como elemento principal a madeira. A proposta é marcar o estilo com as característica tão típicas das casas de fazenda. Pisos de ladrilho ou cimento queimado , armários em madeira com acabamento rústico, estampas florais , lustres de metal envelhecido, bronze ou preto.

  6. Cozinha Escandinava

    A característica mais marcante do estilo é a claridade dos ambientes. A inspiração veio dos países nórdicos, onde o clima muito frio e traz as cores do inverno. E é por isso que  os tons claros são os escolhidos para a decoração. O estilo propõe ambientes minimalistas e muito confortáveis, com poucos móveis, estampas geométricas, paletas nudes, madeira clara e metais em cobre ou tons rosados. Os armários de cozinha trazem linhas simples e retas e podem receber cores alegres e suaves como o rosa millenium, que está nas paletas nude. Mesas e balcões em madeira clara trazem uma composição harmônica.

  7. Cozinhas coloridas

    Cozinhas coloridas são alegres e marcantes. Para esse tipo de decoração vale um estilo mais despojado e  livre na composição das formas e conteúdo. Ela pode se adequar ao estilo moderno, contemporâneo e casual. Siga as sugestões do instituto Pantone para as cores eleitas para 2019 clicando aqui.

  8. Cozinha clean

    Clean quer dizer limpo, livre de excessos, despojado. Não é difícil imprimir esse decór em sua cozinha. A ideia é que os móveis sejam simples, claros e funcionais.  É o tradicional conceito de um mobiliário básico, eficiente e com cores neutras.

  9. Cozinha industrial

    Esse estilo propõe espaços amplos, com grandes janelas e materiais como ferro, tijolos aparentes, madeira e cimento queimado. A proposta do decór foi construída baseada  na aparência dos grandes galpões nova Iorquinos, da década de 50, onde jovens artistas ocuparam esses lugares para se verem livres dos aluguéis caros da época. As tubulações aparentes e os armários sem portas são outra características presentes no estilo industrial.

  10. Cozinha mediterrânea

    A cozinha traz cores claras, mas a vivacidade e frescor do encontro com o branco e o azul céu. Propõe um mobiliário com linhas simples e alongadas como, inspirada pela linha do horizonte, onde cria-se  a ilusão óptica do encontro céu com o mar. Materiais como madeira pintadas de branco, pedras, madeira clara, ladrilhos com desenhos geométricos constroem um ambiente leve e com aspecto de naturalidade.

  11. Cozinha tradicional

    Desapegada de conceitos marcantes a criação do espaço é livre para este estilo. Aqui é válido optar por peças e mobiliários que recebam o revestimento do tradicional branco ou madeira. O mais importante para essa decoração é ter móveis, objetos  e revestimentos em equilíbrio com as cores escolhidas para o restante da decoração.

  12. Cozinha provençal

    Uma mistura do clima mediterrâneo  com o ambiente campestre inspirado  pelo estilo de vida da região de Provence, na França. O estilo pode ser caracterizado por uma decoração rústica e refinada. O branco é a cor protagonista e pode aparecer com aspecto desgastado. Verde pastel e lavanda também entram como cores que marcam o estilo e foram inspiradas nos lavandários espalhados pela região. Essa cor pode vir nos móveis ou em objetos de decoração e de utilidade doméstica. Os espaços são luminosos e possuem uma decoração mais leve que a do rústico tradicional

  13. Cozinha Urbana Rústica

    Essa junção de estilos é muito utilizada entre decoradores, designers e arquitetos. A composição se faz com madeira, móveis com linhas retas, em preto fosco e luminárias modernas. Não pode faltar na decoração prateleiras de madeira apoiadas em mão francesa simples para colocar vasos de plantas, louças, caixas, entre outros objetos. O preto traz a característica do moderno, enquanto a madeira dá o toque rústico da decoração.

  14. Cozinha urbana

    Decoração leve, descolada e prática,  inspirada na proposta de vida dos grandes centros. A ideia é que se tenha móveis funcionais que facilitem ao máximo o dia a dia. O estilo conta com um design minimalista para móveis e decoração em geral, e pode ganhar um pouco de sofisticação com elementos como o mármore nas bancadas, por exemplo. Os armários  da cozinha podem vir brancos, pretos ou cinza. E o colorido, pode entrar? Sim! É comum vê-lo de maneira pontual, em combinação com as cores base. Um toque de amarelo intenso deixa o estilo urbano jovem e alegre.

  15. Cozinha boho chic

    O  boho é um estilo que traz muitas outras influências como o country, hippie e o romântico. Mas há também um toque sutil do estilo vintage. Dessa mistura usa-se cores alegres e vibrantes além de materiais  como a palha, fibras naturais, linho, algodão e a madeira. Na cozinha pode inspirar móveis cheios de luz, piso claros rústicos e toques de colorido em louças e objetos. É possível misturar os elementos sempre com muito equilíbrio, estampas e texturas, além de serem clássicos os usos de cestos de vime, mesas de madeira, luminárias de ferro ou coloridas, por exemplo.

 

Escolha o estilo e conte com a Edy planejados para fabricar os móveis de composição da sua cozinha. Entre em contato com os profissionais de nossa loja para projetar o espaço dos seus sonhos.

Cozinhas planejadas ou sob medida: tire suas dúvidas

Muita gente ainda se pergunta qual o melhor material para os armários planejados da cozinha. Os móveis são feitos de uma maneira customizada. Na Edy Planejados, a parceria com a fábrica da Finger dá garantia de 8 anos em toda a ambientação da cozinha.

 

Pode-se usar a experiência para projetar a partir de dimensões padronizadas, geralmente já estabelecidas e ainda confeccionar peças a partir de um desenho determinado por um arquiteto ou designer.

 

Incluir variações nas formas, tanto quanto nas dimensões, obedece à lógica do cliente, que é quem contrata o projeto. Tempo e viabilidade financeira não são entraves para empresas com experiência de mercado, e o planejamento priorizará o que é preciso para viabilizar o projeto.

 

Os planejados podem ganhar sua preferência pelo seu custo/benefício, mas também pela eficiência e estilo.

 

Materiais mais usados dos móveis planejados ou sob medida para cozinhas

 

  • MDF . Eles são produzidos com fibras de madeira e resinas sintéticas, que formam uma placa homogênea de fibra de média densidade. São bastante usados em áreas aparentemente muito diversas, como artesanatos ou  construção civil, e especialmente indicados na fabricação de móveis. Sem o risco de infestação por pragas, por exemplo.

 

  • O MDP é feito  a partir de três camadas de partículas de madeira, sendo uma grossa no miolo e duas finas na superfície. São mais resistentes a umidade, muito resistentes (suportam altas cargas) e são muito indicados na fabricação móveis.

 

Considera-se o MDF é mais maleável em curvas e contornos e o MDP em estruturas mais rígidas, além de superfícies planas como portas e prateleiras.

Ambos os materiais têm resistência parecidas e são de fácil manutenção e durabilidade.

 

Escolha a cor dos armários da sua cozinha

 

A tradição do branco

 

A cozinha branca está entre as preferidas e tem seu lugar garantido entre as muitas opções de decoração. Por ser uma cor neutra,  o branco se insere facilmente em diversos estilos de decoração. Seja o estilo casual, clássico ou contemporâneo, essa nuance sempre agrada e nunca sai de moda, tornando-se uma opção atemporal. Quando recebe o contraste do revestimento de madeira nos detalhes, a cor ganha mais destaque e um toque de elegância. Além do mais ela contribui para gerar amplitude por isso cai muito bem em cozinhas estreitas e pequenas .

 

Dúvida na cor da cozinha?

Não precisa.  

 

Azul

Essa cor pode vir em várias nuances, desde tons mais claros que são alegres e combinam muito com o estilo retrô, até os mais escuros e ousados para uma decoração estilo anos 70, ou mesmo para decorações em estilos mais modernos.

 

E se essa opção lhe agrada, vale lembrar que a escolha do piso e revestimentos precisam estar de acordo proposta de decoração. Pense em nas infinitas nuances que vão de um azul claro, por exemplo, ao azul petróleo.

 

Verde

O verde é uma proposta que vem com tudo em 2019. nas paletas mais fechadas ela compõe o ambiente da cozinha e pode estar em acabamentos, no ladrilhos, azulejo, como também em paredes e armários planejados.

Muitas vezes uma única peça é suficiente para marcar essa proposta, que pode incluir as plantas, hortas e folhagens que dão vida à cozinha.

 

Outras cores que ganham o cenário das cozinhas em 2019 são:

  • Diversas tonalidades de laranja e vermelho
  • Tons neutros naturais
  • Tons quentes de bege
  • Tons de amarelo

 

Além das cores, a proposta mais usada na decoração de cozinhas este ano será a de incluir uma cor escura como destaque. Ela entra em justaposição e contraste com outras tonalidades, como a combinação do cinza suave e o amarelo açafrão, por exemplo.

 

Encontrou alguma resposta?

Tem outras dúvidas?

Conheça uma loja Edy Planejados e fique seguro na hora de escolher a proposta de decoração da sua cozinha. Descubra o endereço mais perto de você clicando aqui.

Cozinha americana: integração, beleza e funcionalidade

Cozinhar, conversar e interagir são ações típicas de socialização em nossa cultura.

 

A comida agrega, junta, convida e portanto, ela deve ser preparada em um ambiente confortável  e atrativo.

 

Observe que uma nostalgia boa nos envolve quando sentimos o cheirinho de comidinhas deliciosas, que lembram a casa dos avós  ou mesmo de momentos especiais como natal, aniversários e reuniões de família.

 

A cozinha sempre foi e será o espaço afetivo da casa, onde temperos e aromas nos conectam às lembranças e dão sensações de conforto, acolhimento e alegria.

 

Em tempos modernos, onde a exigência é por espaços práticos e compactos, elas  acabaram isoladas de suas funções sociais e passaram a ser apenas um lugar para o preparo de refeições. Mas tem como dar esse charme antigo (e essencial) em poucos metros.  

 

Para ressignificar este espaço e devolver a importância merecida, a cozinha americana traz a integração dos ambientes. O objetivo sempre passa por conectar as pessoas e dar amplitude a área de preparar a comida. Estendê-la e  favorecer a interação.

 

Continue lendo para conhecer mais sobre o conceito de cozinha americana e descubra porque planejar é a maneira mais eficiente de integrar.

 

A cozinha americana e a decoração da sala precisam formar uma composição harmônica e funcional. Por isso o planejamento dos móveis e da iluminação são a chave para ambientar o espaço.  

 

Ao planejar os móveis, você também acaba por escolher a dedo como aproveitar a metragem pensando no uso. Designers e arquitetos são os especialistas a serem consultados para pensar e executar o projeto. Você pode falar com o time da Edy Planejados e tirar dúvidas clicando aqui.

 

Compactas ou não, a cozinha deve ser ricas em armários e soluções práticas de armazenamento, que facilitem a organização. ‘Tudo com lugar certo’ ajuda a melhorar a dinâmica do uso do ambiente, no dia a dia.

 

E Já que ela estará integrada com outros ambientes, pense em um estilo que ajude a não deixar à vista as louças, panelas, copos, caso não entenda que um projeto integrado requer disposição para manter as coisas organizadas. E o planejamento vai contribuir bastante para trazer soluções inteligentes e práticas (ao seu alcance).

 

Lofts

 

Projeto de cozinha perfeito para loft, que pode ser um espaço amplo, praticamente sem divisórias, onde a área social é totalmente integrada. Esse conceito ficou consagrado entre as décadas de 50 e 70, na cidade de Nova Iorque.

 

Edifícios antigos e industriais começaram as ser ocupados, assim como armazéns e galpões viraram projetos de lar incríveis. A cozinha integrada é um elemento presente.

 

Ambientes pequenos

 

Em apartamentos ou casas compactas, as cozinhas acabam sendo menores ainda. Para o ambiente ganhar amplitude, uma das soluções é integrar as áreas de convivência.

 

Para que o espaço fique charmoso, opte pelo planejamento dos móveis, invista na iluminação e escolha elementos decorativos para dar graça e estilo.

 

Elementos que podem guiar o projeto

 

Bancadas ou mesas integradas

As bancadas cumprem multifunção. Pode delimitar o espaço entre a cozinha e a sala; ainda servirem como apoio para as refeições.

 

E se houver espaço para criar uma bancada com boa profundidade e largura, pode receber um cooktop ou ser a base para integrar uma mesa ao redor.

Na parte interna da bancada, voltada para cozinha, pode-se aproveitar a base para armários, que garantem melhor organização.

 

O acabamento pode ser em textura de madeira, inox, granitos ou outras pedras, texturas naturais.

 

Cadeiras

A única preocupação aqui é que as cadeiras sejam apropriadas para bancadas, com altura adequada. Em bancadas mais baixas, pode-se até usar puffs ou bancos.

 

Coifas

Vale a pena investir em uma coifa de qualidade. Elas sugam a fumaça e evitam que a gordura se instale pelo ambiente. Também ajudam a diminuir o cheiro na hora do preparo dos alimentos.

 

Móveis eficientes

Os móveis  planejados dão inúmeras possibilidades para criar compartimentos inteligentes, que deixam sua cozinha mais prática.

 

Além disso, eles devem fazer parte da decoração e acompanhar o estilo dos outros ambientes, tornando-se também uma peça com valor  decorativo. Modelos lindos, com texturas variadas podem trazer charme para a cozinha planejada: pense com carinho em cada peça, pensando na funcionalidade e no espaço de circulação.

 

Iluminação

Embutir luzes, produzir pontos focais, mesclar temperaturas de luz: tudo faz parte de um projeto luminotécnico eficiente.

Em um ambiente integrado, torna-se vital para que os pontos de iluminação possam ser definidos de maneira precisa, útil e aconchegante.

 

A maioria das cozinhas geralmente recebem somente um ponto central de iluminação, o que pode deixar o ambiente cansativo. Pode-se pensar em pontos básicos de iluminação como: fogão, bancada de apoio e preparo da  alimentação ou mesa. A iluminação central pode então vir mais leve apenas como complementação, por exemplo. Consulte os especialistas!  

 

Gostou da ideia de integrar os ambientes da casa? Procure pelos profissionais da Edy Planejados e garanta um projeto bonito e eficiente para sua cozinha americana: Clicando Aqui

Qual o melhor armário de cozinha completo?

O melhor armário de cozinha é o que atende à todas as suas necessidades, ou seja, foi projetado para o uso em seu cômodo, prevendo a sua e a utilização de sua família, no dia a dia, dentro do espaço da sua cozinha.

 

Planejar o armário de cozinha completo é a melhor opção para quem busca um custo X benefício que garanta a durabilidade e ainda abre a possibilidade de executar qualquer projeto, desde que ele seja detalhado previamente.  

 

Com ‘detalhar’ é preciso entender esmiuçar cada parte do projeto, revisando prós e contras de cada escolha e ir ainda entender o investimento.

 

Um armário de cozinha completo tem que ter:

 

  • espaço otimizado e organizado;
  • locais específicos para eletrodomésticos;
  • ser proporcional ao ambiente;
  • ter o custo x benefício adequado do projeto à instalação;
  • atender (idealmente) a necessidade de guardar os objetos sem que seja preciso pensar em um móvel adicional para isso, quando alinhado à necessidade do cliente;
  • o material do qual é feito deve estar alinhado à decoração do ambiente, caso esteja em cômodos integrados;
  • matéria-prima de qualidade para manter a longevidade.

 

Madeira

 

A madeira é um material atemporal, nobre e que se adequa a qualquer estilo de decoração. Além de ser usada na estrutura de um armário de cozinha completo, ela também pode estar no revestimento.

 

A madeira ‘abraça’ o ambiente.

 

Aço

 

Acabamentos em aço também são incríveis para um armário de cozinha completo. Super resistentes, os materiais utilizados hoje em dia tendem a ter chapas menos espessas do que eram feitas no passado, ainda assim, são uma ótima pedida para a limpeza e manutenção,

 

O aço também serve perfeitamente nos acabamentos. Eles se integram melhor, de uma maneira geral, a uma decoração mais moderna, mas que pode conter objetos afetivos. Sempre muito versáteis.

 

O aço dá a sensação de frescor e limpeza.

 

Os compartimentos que um armário de cozinha deve ter são:

 

  • balcão
  • armários aéreos
  • gabinete
  • portas articuladas
  • amortecedores de abertura e fechamento
  • nichos para eletrodomésticos (com porta ou sem)
  • nichos para armazenamento de louça (portas com exposição em vidro)
  • paneleiros
  • prateleiras
  • armários de canto ou quina
  • acessórios internos para aproveitamento do espaço
  • puxadores

 

Para fazer o seu projeto de armário de cozinha completo e ainda conhecer ideias e modelos que se adequem às medidas do seu imóvel, você deve buscar especialistas.

 

A profundidade dos armários, tanto os aéreos quanto os que ficam nas áreas internas devem ser pensadas a partir de algumas premissas.

 

Como um parâmetro, você pode saber que a relação entre as distâncias dos gabinetes (por exemplo) à altura de um armário superior pode variar de 40 a 70cm.

 

Nos armários baixos, a profundidade pode variar de 60 a 67 cm.

 

Em armários superiores você deve ter o cuidado de evitar que as pessoas batam a cabeça, por isso, a profundidade mínima de 20cm até, no máximo, 40cm.

 

A distância entre os armários superiores e inferiores pode ser de 40 a 60cm, mas é claro: todos esses são exemplos que podem inspirar os projetos ou dar uma métrica, mas o importante é medir o pé direito do seu cômodo e adequar às medidas do seu espaço. Consulte sempre um especialista.

Há 50 anos, a Edy Planejados projeta e executa móveis sob medida. Fale conosco agora e faça seu armário.

Armário de cozinha modulado precisa vir pronto?

Não. Quem faz projetos de móveis planejados, e tem experiência no ramo, pode construir armários de cozinha modulados sob medida. Os módulos podem dividir as áreas de organização, sem que precisem ser ajustados por serem modelos prontos.

 

O custo X benefício dos projetos de móveis planejados costuma ser competitivo, justamente por dar a possibilidade de escolha de todos os materiais e ainda produzir uma solução muito mais alinhada às suas necessidades e espaço.

 

O melhor armário de cozinha é o que atende à todas as suas necessidades, ou seja, foi projetado para o uso da sua casa, entendendo a dinâmica de uso da sua família, no dia a dia, dentro do espaço da sua cozinha.

 

Um armário de cozinha completo tem que ter:

 

  • espaço otimizado e organizado;
  • locais específicos para eletrodomésticos;
  • ser proporcional ao ambiente;
  • ter o custo x benefício adequado do projeto à instalação;
  • revestimentos e acabamentos integrados à decoração do ambiente, caso o armário modulado atenda mais de um cômodo;
  • matéria-prima de qualidade para garantir durabilidade.

Dentro do projeto, é preciso considerar tudo o que um armário pode conter:

 

  • balcão
  • armários aéreos
  • gabinete
  • portas articuladas
  • amortecedores de abertura e fechamento
  • nichos para eletrodomésticos (com porta ou sem)
  • nichos para armazenamento de louça (portas com exposição em vidro)
  • paneleiros
  • prateleiras
  • armários de canto ou quina
  • acessórios internos para aproveitamento do espaço
  • puxadores

 

Depois de conhecer as opções, você pode definir os materiais que vai utilizar. O desenho do armário precisa ser feito com a ajuda de especialistas: decoradores, arquitetos e designers.

 

Medidas possíveis

 

Uma parte muito importante é a definição dos tamanhos de cada parte do armário modulado.

 

A profundidade, tanto nos armários aéreos quanto os térreos deve ser pensada a partir de algumas premissas.

 

Para dar alguns parâmetros, conheça as métricas que podem garantir bom senso na hora de definir as proporções:

  • A relação entre as distâncias dos gabinetes (por exemplo) à altura de um armário superior pode variar de 40 a 70cm.

 

  • Nos armários baixos, a profundidade pode variar de 60 a 67 cm.

 

  • Para armários superiores você deve ter o cuidado de evitar que as pessoas batam a cabeça, por isso, a profundidade mínima de 20cm até, no máximo, 40cm.

 

  • A distância entre os armários superiores e inferiores pode ser de 40 a 60cm.

 

Vale reforçar: todos esses são exemplos que podem inspirar os projetos ou dar uma métrica, mas o importante é medir o pé direito do seu cômodo e adequar às medidas do seu espaço.

 

A Finger Móveis planejados é fornecedora da Edy Planejados em seus 50 anos de mercado. Para nós, o mais importante é o cliente ter a certeza de que:

 

  1. Nos projetos mais simples ou mais difíceis, você encontrará um profissional habilitado para fazer o projeto.

 

  1. Criamos soluções para eventuais problemas de localização dos móveis planejados, o melhor aproveitamento do espaço ou mudança da vocação de utilização dele.

 

  1. Nos orientamos pela demanda dos clientes. Entendemos de maneira objetiva o funcionamento da casa, assim como as referências que o cliente aponta como ‘pontos de partida’ (objetos afetivos, por exemplo).

 

  1. Trabalhamos com medidas exatas. Levamos em conta nosso expertise e cada milímetro de utilização e adequação dos móveis planejados dentro da casa / apartamento / estabelecimento comercial / home offices / estúdios / imóveis em reforma / imóvel recém adquirido e etc.

 

Quer começar projetar seu armário modulado? A gente te ajuda!

Cozinhas planejadas com ideias para te inspirar!

Você acha que o melhor lugar da casa é a cozinha? Já cozinhou em um ambiente onde tudo está à mão, facilmente organizado e que ainda seja acolhedor para seus familiares e amigos? Sonha em tornar a sua cozinha mais funcional?

 

Todas essas demandas podem ser atendidas quando as cozinhas são feitas com móveis planejados. Eles são os responsáveis por tornar um ambiente acolhedor, ajudam na sistematização e na ordem das coisas e há quem diga que melhoram até o tempero dos pratos!

 

Cozinha arrumada produz delícias!

 

sala de jantar planejada

 

Veja algumas ideias que podem inspirar a sua cozinha planejada: seja ela na casa nova ou a que vai aparecer logo depois de uma boa reforma!

😉

 

 

  • Espaço ‘du cheff’:

 

 

O projeto voltado para o ato de cozinhar – você, chefe da sua cozinha.

 

Nesta cozinha planejada todos os equipamentos têm espaço garantido e tudo facilita o preparo, ato de cozinhar e comer bem.   

 

 

 

  • Naturalmente iluminada:

 

 

Um ambiente que aproveite a iluminação depende (e muito) do projeto dos móveis planejados, já que a disposição e os acabamentos escolhidos podem refletir a luz ou incluir pontos de iluminação que causam toda a diferença na ambientação.   

 

Aqui os tons neutros, cores claras, texturas e o branco são elementos que ajudam a trazer leveza e também podem dar requinte ao projeto. Busque especialistas que possam orientar o uso, além de pensar a iluminação direta nos alimentos, por exemplo.

 

 

 

  • Ambientes integrados pelo acabamento

 

 

A escolha dos materiais pode dar unidade para uma sala integrada à cozinha. Faz a mesma coisa quando a cozinha planejada e a varanda são integradas, ou seja, cumpre um papel fundamental na decoração e ambientação.

 

A textura pode ser utilizada para trazer ainda mais aconchego. A cor pode interligar visualmente dois ambientes e diferentes materiais trazem uma impressão mais ‘quente’ ou mais ‘sóbria’. Vale usar a criatividade e considerar a durabilidade, especialmente na cozinha planejada.

 

O ponto importante é usar produtos de qualidade, ter a garantia para o que for instalado e ainda conseguir projetar a sua cozinha planejada contando com expertise de quem já faz esse tipo de trabalho há anos. As chances de entender com clareza os melhor custos X benefícios’ de cada acabamento ficam ainda maiores.   

 

 

 

  • Ponto focal – elemento em destaque

 

 

A sua cozinha planejada também pode ter um elemento que ‘puxe’ o olhar, algo que se destaque e também dê unidade ao projeto.

 

Esse elemento pode estar nos móveis planejados ou os móveis sob medida podem incluir um elemento afetivo no projeto.

 

Da mesma forma, o projeto de iluminação também será afetado pelo ponto focal selecionado.  

 

Pense em uma cristaleira, por exemplo. Ela pode ser central e ainda inspirar o uso de acabamentos e cores. O objeto escolhido também pode influenciar a disposição dos eletrodomésticos, já que os móveis e todo o ambiente vão, de certa forma, orbitar a partir dele.

 

 

Esse tipo de inspiração pode extremamente versátil em um projeto. Conheça agora as infinitas possibilidades da Edy Planejados, com mais 50 anos de experiência em qualidade em móveis sob medida à disposição.

As melhores ideias para cozinhas planejadas simples

 

Cozinhas planejadas devem ter espaços específicos para todos os utensílios e ainda tenha lugar para aconchegar amigos, familiares, exatamente como o “coração da casa” deve ter.

Se você está pensando em reformar ou mobiliar a sua cozinha nova, veja algumas das ideias que vão te inspirar a fazer um projeto sob medida para as suas necessidades:

Armários: opte por linhas simples, retas e aproveite bem os espaços. Armários aéreos e altos ajudam a liberar espaço de trabalho nas bancadas. Foque nos detalhes e cuide para não exagerar.

 

cozinha planejada simples

 

Pintura: você pode usar efeitos geométricos simples no layout, que podem ser feitos a partir do próprio revestimento dos móveis planejados. Um ideia que também é uma tendência são as paredes bicolores, que combinam uma das cores com a dos móveis.  

 

sala de jantar planejada

Azulejos: revestir uma parte da parede com azulejos é útil e necessário. Em geral, essa área é chamada de rodabanca (como o rodapé, mas nas bancadas) e cobre a faixa que pode ser molhada e, com isso, evita-se a possibilidade de infiltrações e danos, além de ser muito mais fácil de limpar. Integre os azulejos aos seus móveis planejados investindo em revestimentos que tragam textura (de novo: sem exagerar).

 

 

Pastilhas: também muito usadas, são uma ótima opção para dar modernidade e integrar objetos e ambientes por meio da cor.

 

 

Armários de canto ou quina: ao planejar os móveis, você pode aproveitar os espaços da cozinha e ainda trazer um design diferenciado ao seu projeto. Podem abrigar utensílios, mantimentos e temperos ou ainda servir de lugar para guardar panos de prato, toalhas de mesa e louças. Vale estudar bem as áreas onde serão instalados, já que eles dão bastante personalidade ao layout.

 

 

Dividindo espaço com a lavanderia: sua cozinha planejada pode também ser divida com a lavanderia. É bem comum em ambientes pequenos, certo? Uma ideia incrível é usar nichos ou espaços vazados, projetados para criar uma divisão que facilite a decoração e ainda traga equilíbrio ao projeto. Um armário também cumpre essa função brilhantemente. Vale a pena investir nessa ideia, que traz muito mais funcionalidade aos dois cômodos, em um móvel só!  

 

 

Hortas e viveiros de planta: outra ótima ideia para deixar sua cozinha planejada com charme, muito convidativa e cheia de alegria é ter um espaço dedicado ao cultivo de temperos, plantas, frutas, legumes ou hortaliças. O grande desafio é estudar a incidência na luz natural no cômodo e adequar o projeto de móveis planejados justamente para aproveitar essa iluminação natural. Se essa ideia parece boa, não esqueça de conversar com os profissionais que orientam o seu projeto: luz e móveis devem auxiliar no processo de construção dele lugar especial na cozinha.

 

cozinha americana pequena

 

Pendentes, lustres ou luz focada: a cozinha planejada pode ter iluminação embutida nos armários e, além do aconchego que esse tipo de instalação é capaz de produzir, você deve pensar nos espaços de convivência: mesas e cadeiras merecem ser bem iluminadas para trazer conforto, assim como bancadas e ilhas devem contar com luz focada a noite, a fim de mostrar com clareza os alimentos e facilitar preparos.

 

A Edy Planejados coloca à sua disposição a experiência de mais de 50 anos projetando móveis planejados de qualidade excepcional. Nós sabemos como te ajudar: fale com a gente agora.  

cozinha

Cozinha modulada em três passos?

Você não precisa usar modelos prontos para ter o efeito de uma cozinha modular em seu projeto de móveis planejados para a cozinha. O grande trunfo é aliar um custo X benefício interessante para aumentar a sensação de espaço e ter todos os objetos organizados.

 

Móveis sob medida dão essa possibilidade. E o fato de escolher as matérias-primas e o acabamento também garantem uma ampla margem de adequação do que você precisa e o preço e valor envolvidos.

 

Mas enfim, como você pensa uma cozinha ‘modulada’ em três passos?

 

  1. Meça o espaço disponível (de fato) para construção de novos espaços.

 

  1. Defina todos os itens que precisam estar presentes (eletrodomésticos e móveis), baseando-se no dia a dia da pessoa(s) que usa(m) o local.

 

  1. Busque um profissional da área de construção, um arquiteto, decorador e designer que possa orientar o seu projeto. Não tente fazer isso sozinho(a).   

 

Ou você pode também dividir as áreas do ambiente da cozinha em módulos pela função de cada um deles:

 

  1. Área molhada, uso de líquidos

 

  1. Área seca, para o trabalho, como as bancadas, gabinetes ou ilha e etc.

 

  1. Área de manuseio de alimentos em alta temperatura, fogão, microondas, cooktop e etc.

 

Para projetar sua cozinha em compartimentos bem definidos, busque:

 

  • Considerar o uso do ambiente, quanto realmente as pessoas preparam as refeições em casa.

 

  • Busque projetar medidas proporcionais em relação ao pé direito (altura) do cômodo

 

  • Invista em um design limpo, ou seja, com diferenciais que aliem a forma à utilização prática

 

  • Escolha acabamentos que se harmonizem com outros ambientes e, sempre que puder, utilize o conceito aberto

 

  • Um projeto de iluminação é essencial para aproveitar a luz natural e artificial, colocando foco nos alimentos, de maneira a facilitar o preparo

 

  • Busque especialistas e profissionais com experiência no ramo para orientar o seu projeto

A Edy Planejados está há 50 anos neste mercado, trabalha com a Finger Móveis Planejados como fabricante e fornecedora, o que permite um custo X benefício competitivo e 8 anos de garantia nos móveis.

 

Para fazer sua cozinha sob medida você precisa saber que:

 

  1. Nos projetos mais simples ou mais difíceis, você encontrará um profissional habilitado para fazer o projeto.

 

  1. Este especialista vai explicar as variáveis que o próprio consumidor, às vezes, desconhece que possam existir no projeto. Decisões ou gostos que podem facilitar ou não a execução.

 

  1. Criamos soluções para eventuais problemas de localização dos móveis planejados, o melhor aproveitamento do espaço ou mudança da vocação de utilização dele.

 

  1. Nos orientamos pela demanda dos clientes. A gente ajuda-o a enxergar e ‘sentir-se’ nesse ambiente, por isso, entendemos de maneira objetiva o funcionamento da casa, assim como as referências que o cliente aponta como ‘pontos de partida’ (objetos afetivos, por exemplo).

 

  1. Trabalhamos com medidas exatas. Levamos em conta nosso expertise e cada milímetro de utilização e adequação dos móveis planejados dentro da casa / apartamento / estabelecimento comercial / home offices / estúdios / imóveis em reforma / imóvel recém adquirido e etc.

Fale com a gente agora!

Móveis planejados para cozinha

Móveis planejados para cozinha, como planejar?

Móveis planejados para cozinha

Pensar os móveis da cozinha exige uma dose de planejamento e atenção ao uso. Isso mesmo: se você pretende ter um espaço funcional, onde o que você precisa está à mão, mantenha o foco na dinâmica do dia a dia de quem vai utilizar esse espaço. Móveis planejados são a melhor opção para construir uma cozinha prática e que vai resistir ao tempo e as mudanças que ele traz na vida familiar.

Ainda que as crianças cresçam, quantidade de gente aumente, diminua ou você se apaixone ou desista do ato de cozinhar, cada coisa precisa ter o seu espaço definido. A disposição também precisa contribuir para manter a organização na rotina e a longevidade dos objetos, abrigando-os do desgaste natural que tende a acontecer com o passar dos anos. Conheça nossos projetos para cozinha planejada clicando aqui.

Móveis planejados também valorizam o imóvel na hora de vender ou alugar. Essa melhora conta muito aos olhos dos compradores ou possíveis locatários, que veem no ambiente planejado um convite a não gastar tempo nem dinheiro para projetar o espaço do zero.

Cada coisa no seu lugar!

  • O primeiro passo é checar os eletrodomésticos: geladeira, fogão, filtros, panelas elétricas ou de cozimento à vapor, lava louças, o que for! Conhecendo os hábitos dos moradores desse espaço, é possível imaginar quem serão os mais usados na hora de cozinhar as refeições e entender onde será a área de maior circulação de todos esses objetos. Tudo deverá ter seu espaço planejado, sejam nichos, prateleiras, gavetas ou lugar customizado.
  • Depois de saber os objetos que deverão entrar no projeto, é hora de tirar as medidas exatas: desses eletrodomésticos mapeados por você, mesas e cadeiras (caso queira inclui-las), assim como da geladeira e etc; e do espaço.
  • Tire as medidas do ambiente: saiba quais as medidas do local, independente dos móveis que pretende planejar, registre sempre as medidas das quatro paredes do cômodo, tanto na horizontal quanto na vertical. Isso vai ser importante na hora de pensar o projeto.
  • Tire a medida dos móveis: na pia, lembre-se de medir o centro da torneira até a parede, assim como a medida da altura do sifão. Saiba as medidas dos eletrodomésticos, geralmente informadas nos materiais técnicos das marcas. Quando for pensar em móveis suspensos, verifique se terão sapatas (apoios em alvenaria) e tire as medidas delas também.

Pronto! Você coletou as informações básicas para projetar sua cozinha. As proporções e alturas dos móveis deverão ser definidas junto com os profissionais que vão construir os móveis. É importante a visão técnica para o projeto, para que a utilização dos móveis respeite capacidades e limitações físicas de quem vai utilizá-los.

Dúvida esclarecida? Precisa de mais informações? CLIQUE AQUI e envie para nós!